Nizardo Wanderley

Cavaleiro Solitário

Textos


ALMA FRIA
 
Não sei se tu me queres ou apenas gostas
Do jeito carinhoso e doce que eu te trato,
Mas certamente o tempo me dará respostas
E assim eu saberei o que eu sou teu de fato!
 
Tu nunca estás comigo quando a solidão
Arromba a minha porta, quebra fechaduras,
Apunhala-me as costas, me produz loucuras
E chuta os alicerces do meu coração...
 
Sequer tu telefonas pra saber como anda
O homem que te mima e muitas vezes manda
Os dedos calejados ligarem pra ti...
 
Eu não vim te cobrar, mas minh’alma reclama!
E se um dia acordares sozinha na cama;
- Senti-me abandonado, por isso parti...
Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 13/09/2008
Alterado em 13/09/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras